09/02/09

Por um canudo...

O Sporting voltou a desiludir e a dar novo passo atrás na luta pelo titulo. Tendo novamente a oportunidade de ser líder do campeonato, a equipa leonino mostrou que não tem estofo para isso, caso mantenha a irregularidade demonstrada até agora. Os leões sofreram a 3ª derrota caseira e perderam o 11º ponto em Alvalade, que deveria ser o seu ponto forte.
A equipa entrou mal no jogo, fez uma 1ª parte má, onde raramente conseguiu criar perigo, mostrando enormes dificuldades em construir jogo e sair para o ataque, recorrendo em demasia ao pontapé para a frente. O Sporting era uma equipa lenta, sem ideias e que esbarrava sempre na boa organização do Braga. Rochemback voltou a mostrar o porquê de não ser ele o nº 6 que a equipa precisa, o brasileiro está pesado, lento, não constroi jogo e não dá o apoio necessário à defesa, ora ficando encostado aos centrais obrigando Moutinho a recuar, ora esquecendo-se de acompanhar o seu marcador directo. Isto fez com que os leões sentissem enormes dificuldades no miolo, começando ai a perder o jogo. Nesta etapa salvaram-se Izmailov e Vuk no ataque, no pouco que se conseguiu e Carriço e Patricio que mantiveram o 0-0 ao intervalo.
No 2º tempo, a troca de Veloso por Caneira deu maior profundidade atacante ao Sporting, que melhorou o seu processo atacante e começou a incomodar Eduardo. No entanto na sequência de um canto e de enorme confusão na área surge o 0-1 para o Braga. O Sporting reagiu e foi em busca do golo, que esteve perto de acontecer num livre de Roca, mas foi de Derlei o empate num remate à meia volta pouco depois. Embalados pelo golo, o Sporting viveu o seu melhor momento, vendo nesse período Jorge Sousa perdoar uma grande penalidade sobre Vukcevic. Pouco depois surge o 1-2, num lance em que Rochemback abre uma verdadeira auto-estrada ao seu opositor que teve liberdade para fazer o que quis. Ainda o Sporting se recompunha e tentava responder ao golo bracarense e já o 1-3 estava feito, num lance muito duvidoso, em que me parece que a bola não ultrapassa totalmente a linha. Foi validado e a equipa leonina deitava por terra as suas aspirações à vitória, que ainda reduziu o marcador por Izmailov já perto do final.
O Sporting não acerta o ritmo das vitória, não vence à 3 jogos e vê o objectivo da época cada vez mais longe. Face aos últimos resultados, todos os jogos passam a ter cariz de final, caso a equipa tenha realmente ambição de vencer o título, e isso passa já por Belém, onde qualquer resultado que não os 3 pontos poderão ser fatais.

5 rugido(s):

fantasma do Óculo disse...

Caro Visconde,

Ainda vamos ter de sofrer um bocado. Mas assim ainda vai saber melhor.

ps: parabéns pelo justíssimo destaque (vi no Leão da Estrela).

Armando Silva disse...

Foi um verdadeiro desastre... Agora sim, temos as contas muito complicadas, muito complicadas mesmo...

Grande abraço caro amigo

Caetano disse...

Este Braga joga muito e, pelo que tenho visto, é provavelmente a equipa com maior organização em campo na Liga portuguesa.

Não consigo no entanto deixar de ter muitas dúvidas no lance do 3º golo do Braga e, ainda por cima, nenhuma repetição esclarece em definitivo...

Mas pronto, não foi mau de todo :P

Anónimo disse...

como diria um jogador da bola, penso que, o sr paulo bento poderá enriquecer a sua cultura táctica noutro lado.
continuo a achar que o josé peseiro é um bom nome para suceder ao paulo bento.
lá se foi a liga sagres!

Tite disse...

Com as condições que temos tido nas últimas jornadas e o desperdício que cada jogo tem representado, só posso mesmo dizer alto e bom som que o Paulo Bento não está à altura do nosso SPORTING.
Podem crer que é com mágoa que o digo.

Rugidos de tristeza