29/07/10

Serviços mínimos

O Sporting fez a estreia oficial esta época vencendo na Dinamarca pela margem mínima, num jogo onde cumpriu sem deslumbrar, onde dominou, como era de esperar, a partida na sua quase totalidade e onde revelou alguma ineficácia que poderia e deveria ter dado para construir um resultado mais volumoso.

Após o susto inicial, os leões comandaram sempre a partida e após 2 ameaças, Vuk acabou mesmo por marcar aos 24". Depois notou-se uma equipa algo presa e com dificuldades em criar desiquilíbrios, algo a que o cansaço físico desta altura, as viagens e o terreno pesado também ajudaram.
O momento mais negativo da partida prendeu-se com a lesão de Pedro Mendes, que esperamos não ser grave, ele que é o equilíbrio desta equipa.

Na 2ª parte já com Veloso, a equipa perdeu alguma da pressão que vinha exercendo sobre o adversário, que apesar da sua manifesta inferior qualidade, tentava através do maior poderio e frescura física e da velocidade dos seus atacantes criar algum perigo, embora pouco incomodando a defesa leonina.
Postiga teve o golo nos pés por 3 ocasiões, mas uma vez mais não se revelou eficaz, adiando o 2 golo que esteve perto de suceder após as entradas de Valdés e Liedson que melhoram a produção ofensiva da equipa.

Em suma, foi uma vitória esperada, com uma exibição qb, onde se pode confirmar as mais valias que são Evaldo e o "novo" Vuk, onde Valdés voltou a mostrar pormenores de classe e onde Saleiro e Yannick foram os destaques pela negativa, muito abaixo do exigido.
Uma vitória é sempre importante para ganhar rotinas e confiança, mas o trabalho da equipa ainda tem muito para evoluir, esperando caras novas para breve.

2 rugido(s):

Anónimo disse...

Falta o matador e um extremo de classe...

Francisco Chaveiro Reis disse...

Boa tarde

Gostei da exibição. Para esta altura da época, o Sporting mostra-se bem entrosado e com muita disponibilidade física.
Falta claro, um matador mas acredito que, com o encaixe financeiro de hoje, isso se possa resolver.
Abraço