23/10/08

Passo de gigante

O Sporting conseguiu ontem uma vitória importantíssima rumo à qualificação para a próxima fase da Champions. Não jogando bem, mas sendo uma equipa aguerrida, com capacidade de luta, sofrimento e bom posicionamento defensivo, a equipa leonina alcançou os seus objectivos.
Paulo Bento surpreendeu a apostar em Miguel Veloso como lateral esquerdo e Roca como trinco da equipa, mas na verdade e após algumas dificuldades iniciais, a equipa acabou por corresponder bem tacticamente, não permitindo ao adversário criar grandes lances de perigo.
O jogo teve uma 1ª parte mal jogada e com poucos motivos de interesse, sem lances de perigo, com o Shakthar a tentar atacar e o Sporting mais preocupado em segurar e controlar o jogo, daí que os lances de maior perigo para as 2 balizas tenham surgido em remates de meia distância.
Apesar do domínio ucraniano, o empate ao intervalo era o espelho do fraco espectáculo que se via no relvado.
No 2º tempo o jogo melhorou, o Shakthar voltou a entrar melhor e a criar perigo, sobretudo através da velocidade de execução dos laterais e criatividade de Fernandinho e Jadson, contudo a defesa leonina e Patrício iam chegando para as encomendas.
Perto dos 15" da etapa complementar 2 das melhores ocasiões do jogo, 1º Brandão solto de marcação tem um cabeceamento a rasar o poste da baliza leonina e em resposta, após excelente trabalho de Moutinho, Liedson cabeceia muito perto do golo na grande ocasião leonina até ao momento.
O jogo estava mais repartido, mas foi o Shakthar a criar novo lance de perigo com a bola a percorrer toda a área sem sofrer qualquer emenda. Este lance serviu de aviso aos leões que começaram a tomar conta do jogo, sobretudo após as entradas de Pereirinha e Grimi.
Com maior capacidade de posse de bola, o miolo leonina ia-se sobrepondo ao ucraniano e o Sporting controlava as operações, dando sinais que o empate seria um bom resultado.
No entanto aos 76" o Sporting ganha um livre à entrada da área, Rochemback bate para o seu interior, com Derlei a aproveitar a sobra e a servir Liedson de calcanhar, com o Levezinho a não desperdiçar a oportunidade de adiantar o Sporting no marcador e tornar-se o melhor marcador da história do Sporting na Europa.
Até final o Sporting soube sempre gerir o jogo, controlando as operações e mantendo a bola em seu poder, não dando hipóteses ao Shakthar para criar perigo.
Foi uma vitória importante, que nos deixa com um pé nos 8os de final da prova, mas que só terá significado com a vitória em Alvalade sobre os ucranianos, o que nos garantiria desde logo o apuramento.
A eficácia leonina foi desta vez decisiva apesar do equilíbrio do jogo, o que também se explica com o facto de Liedson estar em campo e a caminho do seu melhor. Na Liga, na Taça ou na Champions, o 31 resolve sempre...
Faltam 3 pontos para o apuramento. Força Leões.

9 rugido(s):

Caetano disse...

Na defesa valeu um Polga irrepreensível uma vez que, por exemplo, o Abel estava constantemente nas covas devido à velocidade do adversário directo.

Quanto ao equilíbrio de forças da segunda parte, não se deveu apenas à "sagacidade" táctica de Paulo Bento. O Shaktar pura e simplesmente acusou o esforço do ritmo elevado que imprimiu ao jogo desde o início.

O empate já não seria mau resultado e foi em função disso que Paulo Bento armou a equipa, sabendo que poderia ter sorte se os 2 dianteiros tivessem uma oportunidade. Ganhou a aposta e agora o Sporting tem tudo para passar à fase seguinte.

Parabéns!

Eugeniu Dodonu disse...

é GRANDE SPORTING, bela atitude dos jogadores leoninos, agora temos que ganhar cá em Alvalade aos ucras, e já estamos na fase seguinte, abraço a todos

se es um verdadeiro leão, visita e comenta também em:

http://mundoleonino.blogspot.com/

THE SUPERCOBRA disse...

REALMENTE O SCP É INCOMPREENSIVEL NAS EXIBIÇÕES.
É TIPO MERCADOS BOLSISTAS QUE COMEÇAM COM SENTIMENTO POSITIVO E TERMINAM ESCACADOS EM SEXTAS-FEIRAS NEGRAS.
PS. ONTEM HOUVE GOLFE?SÓ QUEM NUNCA JOGOU...

Gnitrops disse...

1 golo para a História!

SL

Renata A. disse...

Uma vitória que nos deixa cada vez mais perto dos oitavos de final. Não jogámos bem mas Liedson (sem esquecer Derlei) não nos deixa ficar mal e mais uma vez, salva o Sporting. Estamos apenas a um pequeno passo!

SL

fantasma do Óculo disse...

Um Sporting à italiana. Segurança defensiva e, em duas oportunidades, dois golos.

Agora, encher Alvalade contra o Donetsk.

Abraço Leonino!

OLeãoRampante disse...

Foi uma grande alegria, é verdade. aos poucos, o nosso Sporting começa a perder algumas das características que o marcaram nos últimos naos...
Muito graças ao nosso mister.

Obrigado.

Saudações Visconde!!

Tite disse...

Desta vez não jogámos bem para fazer brilharete. Jogámos o suficiente para conter o ímpeto dos Ucranianos que tudo fizeram para ganhar ao Sporting e neutralizar os nossos ataques.
Valeu a pena tanta resistência para brilhar num contra-ataque eficaz.
E só podia ser o nosso Levezinho a resolver.
Parabéns pelo golo e pelo novo marco na história do nosso Sporting.

Armando Silva disse...

Grande passo mesmo!!! Agora é continuar com a mesma raça no jogo de Alvalade e tentar carimbar já o apuramento. Muito bom resultado... Já precisávamos e merecíamos uma alegra destas...

Grande abraço caro amigo