11/09/08

Irresponsabilidade ou burrice?

As selecções nacionais tiveram uma jornada dupla bastante negativa. Os Sub-21 perderam a hipótese de ser primeiros ao serem derrotados por 2-0 em Wembley, empatando depois no Funchal 2-2 com a Rep. Irlanda, ficando afastados do playoff de apuramento para o Euro 2009 na Suécia, isto depois de estarem a vencer por 2-0.
Já a equipa principal depois de golear Malta por 4-0, baqueou em Alvalade perante a Dinamarca por 2-3, mostrando a velha lógica de quem não marca sofre, tendo agora de correr atrás do prejuízo, que é como quem diz, ir vencer à Suécia.
Isto tudo para falar de Yannick Djaló que havia sido chamado pela 1ª vez à equipa A de Portugal. O certo é que esta chamada deixou Yannick literalmente sentado, em Malta na bancada e em Alvalade no banco de suplentes. Posto isto e analisando os resultados obtidos pergunto o seguinte:
- O que foi fazer Yannick à selecção? Ver os métodos de treino de Queiroz e conhecer novos colegas?
- Esta decisão não terá custado o apuramento para um Europeu de Sub-21?
Faz-me alguma confusão saber de antemão que a equipa de Rui Caçador necessitava de ganhar em Inglaterra ou pelo menos à Rep. da Irlanda, e para isso não se convocar o avançado português em melhor forma para ser utilizado 0" na selecção principal. Chamamos a isto desperdício, irresponsabilidade ou burrice?
Por outro lado e sabendo que tinha em sua posse um avançado em grande forma e que deixou de dar um contributo decisivo à selecção de Sub-21, Queiroz não só não o utilizou, como ainda o preteriu ao shôr Nuno Gomes (cujas internacionalizações merecem a vénia dos comentadores da TVI...o que importa é entrar em campo e somar jogos pela selecção, jogar que é bonito é que não...!!!), que desde logo fez por mostrar serviço falhando um golo de baliza escancarada.
Haja paciência.
Isto não é uma crítica ao trabalho do seleccionador, que espero tenha o maior sucesso de sempre com Portugal, mas sim a uma decisão bastante controversa e que nos privou de atingir pelo menos 1 dos objectivos.

14 rugido(s):

Caetano disse...

Completamente de acordo!

Carlos Queiroz esteve muito mal em termos de gestão dos jogadores especialmente no caso de Yannick Djaló.

Já nem vou referir as más opções de Queiroz ao longo da partida de ontem...

António Lopes da Costa disse...

Sublinharia por baixo do que disse. Estou completamente de acordo consigo.

Sportinguista disse...

Também concordo com a análise.

Nem ajudou os sub-21 que bem precisaram, nem jogou pelos AA que têm na frente a maria amélia e o tronco.

Mesmo o Moutinho, também poderia ter sido aproveitado para este jogo.

Renata A. disse...

Mais de acordo não poderia estar.
Foi um desperdídio, uma irresponsabilidade e burrice. Por mais gratificante que seja a chamada à selecção principal para Djaló, fazia muito mais falta aos sub-21.

Além do mais, fazer entrar o Nuno Gomes em vez de Djaló também não foi propriamente uma boa ideia. Apesar de ser mais jovem e inexperiente, Yannick está em óptimo momento de forma e com a confiança em alta e poderia ter sido muito útil em Alvalade. Enfim, decisões infelizes...

SL

GaCoMoSi disse...

Concordo quase totalmente com a análise!

Um pequeno senão: "Previsões no final do jogo tem probabilidade igual a 1"

E se o Libelinha marcasse?!?!

Saudações Leoninas!

E já agora quem vai a Barcelona?!?!?!

Pedroo Pita disse...

Bom post, amigo Visconde, apesar de não concordar.

Vamos por partes: ontem assistimos talvez aos melhores 40 minutos de futebol da selecção portuguesa dos últimos anos( desde 2000, daquela incrível vitória face aos bifes que não via a equipa jogar tanto e tão bem). Falhámos, falhámos demasiado, mas foram quarenta minutos( os primeiros da segunda parte) arrasadores, dignos da grande equipa que temos. Para eles contribuiram alguns jogadores: 1- Deco. Genial. 2- Nani. Mesmo pecando por algum excesso de individualismo, meteu a cabeça em água à defesa da Dinamarca. 3-Hugo Almeida. Pela primeira vez verdadeiramente convincente, quer a jogar( ofereceu um golo, e deu outros três falhados por colegas), quer a fazer o trabalho de sapa. 4- Danny. Excelente jogador. Pena o golaço que falhou, mas de resto perfeito. Foram 40 minutos em grande. Até ao momento... Até ao momento em que Queiroz tirou o grandalhão Almeida, e perdeu poder aéreo quer defensivo quer ofensivo, agravado-se este aspecto com a entrada do anão Moutinho para o lugar do medianamente alto Nani. Portanto Queiroz falhou no detalhe, no mesmo detalhe em que Scolari falhou, a altura. Mas resta o principal- a qualidade de jogo que apresentámos. Sou da opinião que quem joga melhor tem a oportunidade de ganhar mais vezes, e que resultados como o de ontem acontecem uma vez na vida. Assim sendo ontem fiquei sinceramente convicto que estaremos no Mundial porque nunca mais nesta vida voltaremos a falhar cinco(!!!) golos de baliza quase aberta! Ah, e porque o resultado normal do jogo de ontem seria golearmos a Dinamarca, e só uma grande equipa o pode fazer. Não fiquei por isso preocupado com a derrota, mas optimista pelo jogo em si. No ano passado esta mesma Dinamarca ganhou, com idêntica sorte e tendo o adversário tido igual domínio, no Barnabéu à Espanha, e não foi por isso que a Espanha não se sagrou campeã europeia. Tarde ou cedo acho que a qualidade vem ao de cima. Daí ter gostado muito da exibição de Portugal, e estar deveras optimista.

Um grande abraço

mpre27 disse...

Caro Visconde,

As questões lançadas fazem todo o sentido. Parece que ainda não se perdeu o hábito de haver jogadores com lugares reservados.

Abraço Leonino!

PSN disse...

Visconde,

Belíssimo post! Concordo em absoluto!

De facto, é inacreditável...Se não era para utilizar o Yannick nos AAs então teria de jogar nos sub-21.

Aliás, veja-se a falta que ele fez contra a Inglaterra e Irlanda...

Não se compreende este desperdicio que acaba por ter clara influência nos sub-21...mais do que nos AAs...

Caçador está claramente a mais nos sub-21 e Queiroz começa a deixar-nos com saudades de Scolari...

Abraço
PSN

PSN disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Armando Silva disse...

Desastroso!!!

Grande abraço caro amigo

Leão de Alvalade disse...

ompletamente de acordo em relação ao djaló. só vejo uma utilidade na sua não utilização: conheceu malta de borla e está folgado para barcelona. tenho sérias dúvidas que fosse bom para ele ter jogado pelos sub-rendimento21 ou que conseguisse fazer a diferença nos A´s. apesar dos seus progressos não é propriamente conhecido pela eficácia.
SL

Gnitrops disse...

Se fosse só o Djaló...

Com 2 jogos decisivos nos Sub-21, porque não convocar para além do Djaló, o João Moutinho e o Antunes?

Prefereriam jogar com um cepo que é o Gonçalo Brandão...e o Moutinho apenas jogou uns minutos nos 2 jogos, o Djaló não tocou na borracha e o Antunes viu o 2º jogo do banco.

Fora do Europeu é que estão bem!

Enquanto continuarem os tachos na Federação não vamos longe.

Virgílio Bernardino disse...

Visconde,

Mais um a juntar saudável unanimidade que noto por aqui! O dossier Yannick não faz sentido nenhum!

Será que foi uma empurrão amigo de CQ a Caçador?! ........;) É o que consta por aí...

Abraço!

Eugeniu Dodonu disse...

Visite, leia, comente e participe na edição do blog. Cumprimentos, http://mundoleonino.blogspot.com/