19/09/08

Ponto final...!!!!?

A novela Vukcevic parece estar a caminho do seu desenlace e ao que tudo indica com um final feliz, para o jogador que poderá voltar a mostrar os seus dotes e para o Sporting que voltará a contar com um importante jogador que traz qualidade à equipa.
Ontem Pedro Barbosa fez saber que o Sporting não tinha recebido qualquer proposta por Vukcevic, contrariando o seu empresário e alguma imprensa. O director leonino fez questão ainda de salientar que "é um jogador com que contamos, como é do conhecimento do próprio e do seu empresário. O Sporting não estava à espera de nenhuma proposta, até porque não tem intenção de o vender."
Assim sendo, era grande a expectativa em ver se o montenegrino constava da lista de convocados para o embate de amanhã frente ao Belenenses, o que veio a confirmar-se, estando assim juntos todos os ingredientes para colocar um ponto final nesta polémica.
Na conferência de imprensa, Paulo Bento deixou no ar o porquê de Vuk ter vindo a ficar arredado das escolhas, "Todos os jogadores dão garantias de poder jogar sempre que façam o que eu pretendo e ponham o ‘nós’ à frente do ‘eu’. Se fizerem o contrário admito que é muito difícil trabalhar comigo". "Não o digo em relação a ninguém, digo no geral. É muito fácil trabalhar comigo se pusermos o nós à frente do eu. Se fizermos o contrário, digo que é muito difícil."
Todos sabemos que Vukcevic é um excelente jogador e que faz falta ao Sporting, só espero que tenha captado a mensagem e deixe o vedetismo de parte e ponha a garra e qualidade que tem, em campo ao serviço do Sporting. Todos ficam a ganhar.

13 rugido(s):

PSN disse...

Eu só acredito quando vir o Vuk a titular que é onde ele merece estar.

Espero que a tormenta já tenha passado!

Abraço,
PSN

Armando Silva disse...

...Espero o mesmo... Só depois de ver o Vuk regularmente utilizado acreditarei que está tudo sanado...

A mensagem do Paulo Bento foi clara, e ele melhor do que nós saberá o que se passa..., mas há uma verdade indesmentível e que todos os Sportinguistas sempre presenciaram... Dentro de campo o Vuk sempre lutou até à ultima gota de suor pelo nosso Sporting...

Grande abraço caro amigo

Leão de Alvalade disse...

ver para crer, caro visconde...

Tite disse...

Então não é que já são 4...
Ver e crer como S. Tomé.
Só acredito mesmo quando vir o Vuk entrar de início. É que já começamos a acreditar que o Paulo Bento é torto p'ra caramba!!!!
Hoje ao afirmar na TV que iria colocar o Vuk a jogar até parecia que os olhos lhe saltavam das órbitas...
Rugidos expectantes

Caetano disse...

O Vuk é grande jogador mas infelizmente não tem mentalidade de craque mas sim de vedeta. Acho que vos faz muita falta, tal como fez em Barcelona.

Jogador vedeta, treinador casmurro... é cá uma mistura...!

Pumba disse...

Tenho a impressão que o grande problema dos Vuk e do Stoi não está nos jogadores mas no seu empresário. No caso do Stoi, para piorar as coisas tem um irmão que julga que manda...

leão rampante disse...

Espero que já esteja completamente ultrapassado o assunto do Vukcevic, e que ele como excelente jogador que é possa dar hoje o seu contributo á equipa.
Força Sporting !

António Lopes da Costa disse...

Se o vuk continuar a falar como tem feito, o ponto final que se prevê é dele no sporting. não se admite que ele diga o que disse, depois de hoje PB o ter posto a jogar. Se quer ir embora, que arranje o dinheiro da cláusula e terá, certamente, as portas abertas.
Vuk é unicamente uma vítima do seu empresário e de si próprio.

Tite disse...

Agora é que as coisas ficaram pretas...
Mas também acho que um jogador que goste de jogar e tenha ambições de carreira não pode ficar sujeito a um treinador que lhe quer tolher as pernas.
Que tudo se decida pasra bem de ambas as partes é o que eu mais desejo.
SL

Caetano disse...

Afinal o ponto final só vai ser mesmo em Dezembro. Não deixa contudo de causar estranheza a facilidade com que os jogadores do Sporting vão para as conferências de imprensa dizer que querem sair...

HMG disse...

Aguardo novo comentário sobre este assunto no teu blog, mas depois do jogo com o belenenses no qual eu como sócio estive presente mais uma vez para apoiar o nosso clube.
Agora tudo se complicou não sei o que se passa ou o que se disse entre todos os individuos com responsabilidade no SCP mas julgo que as pessoas do departamento de futebol não conseguem resolver estes problemas, o que se passa?
Porque não se consegue uma solução?
A culpa não é só do pequeno treinador mas grande parte tambem o é! o pequeno faz o que quer sem que ninguem responsavel do clube SE OPONHA AO HOMEM QUE PODE FAZER O QUE QUISER(No Porto algum treinador alguma vez teve carta branca para gerir todo o futebol).
O pequeno treinador tem carta branca para gerir todos as assuntos sobre o futebol!

O que me preocupa é com este tipo de gestão aonde vamos parar?

Anónimo disse...

na minha opinião só faz falta quem quer ficar.. e goste do sporting!
vendo o monte......negrino e vão buscar o Hugo Viana que faz mta falta!!

viva o sporting!

Santinni disse...

Bem para mim o que se passa é que o Vuk está cada vez mais isolado. No início da época e com a formação do núcleo duro do balneário (Moutinho, Caneira, Polga, Liedson, Rochemback, Derley) foi assumido por todos a vontade expressa de lutar por um objectivo - ser campeão. A partir desse momento deixou de se ouvir noticias do SCP, nomeadamente de saídas do veloso, moutinho, etc. Ora bem esta situação não interessa aos adversários e a única coisa em que podiam pegar era na situação e no jogador mais frágil a nível psicológico. Primeiro encomendou-se o discurso ao seleccionador - ameaçando o lugar do jogador na selecção; Depois foi encomendado o sermão ao empresário e agora foi o "minino" que rebentou! Temos que perceber várias coisas. A primeira é que num grupo forte e unido ninguém está acima do grupo, nem o próprio treinador. Era mais fácil ao treinador gerir a equipa de fora para dentro e "meter" a equipa de acordo com a percepção dos media e dos adeptos. Os resultados seriam os mesmos de sempre (Queirós, Peseiro, Fernando Santos, etc.) ganhar ... zero! Por outro lado temos que ver o enquadramento do próprio grupo. Todos se matam para jogar numa equipa tão equilibrada (para o bem e para o mal) e depois aparece a vedeta e quer jogar de caras. Claro que o Derley como parte do grupo duro e aproveitando a entrevista à RTP reagiu e não foi uma reacção encomendada pelo treinador mas que saiu do grupo de jogadores do plantel. Depois à questão do passado do jogador no SCP. Os adeptos tem de perceber que o Vuk estava encostado na Rússia e foi "recuperado" para o futebool pelo... Paulo Bento. Foi ele que teve a visão de o colocar a avançado, companheiro de Liedson (em mesmo assim veio ao de cima a sua fucisse em vez de jogar para o colectivo como por exemplo o levezinho faz), por a médio esquerdo o seu rendimento sempre foi duvidoso. Não quer dizer que o Simon não tenha qualidade, antes pelo contrário, tem muito potencial (para mim um 10 muito bom). Mas agora de promessa a titular indiscutível vai uma grande diferença. O SCP ganhou títulos sem Simon, o que mostra bem a importância do jogador na manobra da equipa.
Parece-me que o jogador numa primeira fase estava mal fisicamente, ou melhor, existiam jogadores em melhor forma para a posição de meio campo no losango - para 4 lugares existem Moutinho, Veloso, Ismailov, Rochemback, Romagnoli, Pereirinha e Simon - 7 jogadores. Tendo em conta a postura profissional e desempenho de Moutinho, Rochemback, Ismailov e Romagnoli, os restantes tem que se aguentar, apesar da azia e do talento que tem.

Paulo Bento quer se goste ou não já ganhou moral suficiente para tomar certo tipo de decisões em que acredita. Foi o treinador com melhores resultados de que me lembro, as suas decisões disciplinares vieram a dar-lhe razão (Liedson, Beto, Carlos Martins, Stoijkovic, etc.) e até mesmo o losango (tão criticado sistema) já provou ser o mais difícil de defrontar quando está bem entrosado (só o 3-4-3 tem funcionado para destronar este sistema em termos de domínio de jogo) apesar de, como qualquer sistema, nem sempre resultar devido à entrega exigida a cada jogador.