07/09/10

Paulo Sérgio em discurso directo

O técnico leonino deu uma entrevista ao site do Sporting, abordando alguns temas, sobretudo relacionado com os reforços, com as saídas e com o pinheiro que não chegou a vir.
Uma entrevista que vale a pena ver AQUI.

Excertos da entrevista:
"Vladimir Stojkovic pode ser o guarda-redes do Sporting num futuro próximo. Não o conhecia, sabia de algumas histórias mas o que está para trás não me diz nada. Demo-nos lindamente durante o mês em que trabalhámos juntos. Não tenho nada a apontar-lhe.

Apercebi-me das suas qualidades. É de uma escola diferente. Tecnicamente, não cumpre com os requisitos que a boa escola manda, mas é eficaz, é muito grande, ocupa muito a baliza".


"Pongolle não tinha muitas condições para ter sucesso no Sporting, nesta temporada. Tentámos trazê-lo para um nível alto, mas foi preciso tomar uma decisão e, sendo um activo do Sporting, seria importante que pudesse jogar. Está a vista de toda a gente e o Sporting poderá vir a recuperar aquilo que investiu no Pongolle".

"Pedro Mendes e Izmailov serão, de facto, dois grandes reforços. O Sporting ficará uma equipa ainda mais forte, com dois jogadores de reconhecido talento e capacidade".

"Não vim para o Sporting para me lamentar, para passar o tempo com falinhas mansas e a chorar pelos cantos. O mercado trouxe aquilo que foi possível. As pessoas fizeram o máximo, dentro das suas possibilidades, para apetrechar a equipa e jamais vou falar sobre quem não veio. A nossa postura é potenciar aqueles que temos, trabalhando muito forte todos os dias e dando-lhes muita confiança para que resolvam os problemas do Sporting. Enumerei desde o início aquilo que me faria falta, mas isso está fora da minha forma de actuar".

"Temos uma força que não sabemos medir e essa capacidade tem de ser explorada todos os dias".