22/08/10

Arrancada a ferros...

Num jogo de elevada importância face ao momento actual, o Sporting apresentou-se em 4x3x3 e estreou Zapater na equipa. No entanto a equipa fez 45" de nivel mediano, onde só a espaços conseguiu criar algum perigo, com destaque para Vukcevic que teve nos pés as 3 melhores situações de golo.
Faltou ao Sporting sobretudo dinâmica e velocidade para poder derrubar a muralha defensiva maritimista, que se precurou essencialmente em defender e tentar explorar rápidos contra-ataques, valendo aqui a grande atenção de Patricio a evitar males maiores.
Num desses lances deu-se o choque aparatoso entre o guardião e João Pereira, que o deixou enanimado e atirou para fora do relvado, não se conhecendo ainda a extensão da lesão (provável traumatismo craniano).

Na 2ª parte assistiu-se ao melhor periodo leonino com uma série de oportunidades consecutivas e o guardião madeirense a brilhar, mas depresa se voltou à monotonia habitual, à falta de ideias e ao jogo sem interesse.
Quando o empate parecia ser o desfecho do jogo, eis que Liedson "arranca" uma grande penalidade, que Matias não desperdiçou, dando assim os primeiros 3 pontos ao Sporting.
Respira-se um pouco melhor em Alvalade, mas o trabalho a fazer é ainda demasiado. Oxalá que esta vitória traga um pouco de tranquilidade e possamos ver as melhorias já na próxima partida, na Dinamarca.

PS - Bonita homenagem a De Francheschi...