14/08/10

A marcar pa(ç)o

O Sporting começou da pior maneira o campeonato, saiu derrotado da Mata Real como já não acontecia à 15 anos na jornada inaugural (talvez aqui seja uma mudança e o final seja mais feliz).
Um Sporting de 2 caras, demasiado ineficaz e a espaços sem ideias e fio de jogo.

Se o jogo começou morto, sem grande ritmo e com um futebol lento sem grande interesse, após os 15" a equipa leonina começou a assentar o jogo e a criar perigo junto de Cássio, que viria a revelar-se um obstáculo intransponível. Postiga, que voltou a ser o elemento atacante em melhor plano, teve 2 ocasiões para inaugurar o marcador, primeiro com grande defesa do GR pacense e depois num cabeceamento à trave, depois foi a vez de Liedson falhar uma emenda à boca da baliza e terminar com um remate cruzado que fez brilhar uma vez mais o nº 1 da casa.
Até final destaque para as bolas paradas onde a equipa leonina desfrutou de mais algumas ocasiões, mas a revelar uma ineficácia tremenda, e pela negativa à "ausência" de Valdés do jogo.

No segundo tempo, quando esperávamos uma entrada de leão para arrumar o jogo, deu-se o inverso e foi a equipa da casa a tomar as rédeas do encontro, com o Sporting a revelar-se demasiado passivo, sem ideias, sem criatividade, não conseguindo ligar sectores e só saindo a jogar com pontapé longo.
O Paços com 3 homens rápido na frente conseguiu chegar ao golo, fazendo depois do contra-ataque a sua arma preferida e que poderia ter causado mais dissabores, não fosse a exibição de Patrício.
Paulo Sérgio alterou o esquema e a equipa, mas as substituições pouco trouxeram de novo, com excepção a um livre com selo de golo de Vuk e mais umas quantas bolas paradas desperdiçadas na área contrária.

O Sporting começa assim da pior forma o campeonato, tendo de ter capacidade para dar a volta já na próxima 5ª feira para a Liga Europa e no próximo fim de semana frente ao Maritimo de forma a afastar os fantasmas do passado que já pairam ao virar da esquina.

3 rugido(s):

Anónimo disse...

o sporting jogou razoavelmente apesar de não ter meio campo neste jogo o que penso que com o zapater e mendes se vai alterar.
agora em mimha opinião é que necessitamos de um avançadao a serio, não do liedson.

socio do sporting
carlos silva

LEÃO AZEDO disse...

Podemos correr os blogues todos, só vemos desilusão, nada de esperança!

http://conselholeonino.blogspot.com/

Anónimo disse...

E agora, esperar ou fazer pela vida?

Acredito que se melhore, sem fazer aquisições, mas é bem verdade que as hipóteses de ficar melhor, são maiores se formos ao mercado; e agora deve ser ainda a altura de fazer bons negócios.

As decisões tomadas com Pedro Silva, Caneira, Purovic, deveriam ter sido estendidas a Polga, Grimi, Pongolle e outros.

Havia que romper com a triste época de 09/10.
E continua a manter-se essa necessidade-

Que venham dois, ou três melhores jogadores, oportunidades de mercado que, no mínimo, têm de estar pensadas e estudadas.
Para que o SCP fique de facto com mais soluções para honrar os seus pergaminhos e a genuína vontade dos seus adeptos.
E que se façam ainda, acertos no plantel, fazendo opções, trazendo sangue novo, nova ambição e melhores opções.

Nesta pré-época vêem-se por aí opções baratas, de pequenas equipas, que nos dão a conhecer jogadores interessantes e promissores.
Nós queremos apenas tentar ver de novo o Polga de 2006 a 2009 (o que vai acontecer quando o D.Sebastião regressar à pátria-mãe) e esperar que o Pongolle mostre porque alguém teve coragem para desbaratar 6,5 milhões parecendo que afinal não nos faziam falta.

Viva o Sporting!
(Mas que alguém faça parar esta morte lenta.)